Pedir para instalar na

Soja bate R$ 84 e acelera venda antecipada do grão no Mato Grosso do Sul

16 de Outubro de 2018

Produtores do Mato Grosso do Sul já venderam 25,5% da safra de soja, ou 2,65 milhões de toneladas, que só serão colhidas a partir de fevereiro de 2019. A média – correspondente ao que foi comercializado até 24 de setembro, após quase 10 dias do lançamento do plantio da oleaginosa no Estado – ultrapassa o patamar alcançado no mesmo período do ano passado, quando foram vendidos 13,9% da safra. Os dados são da corretora Granos Commodities Agrícolas e levam em conta uma produção de 10,2 milhões de toneladas, projetada para a safra 2018/2019. Em números, isso daria aproximadamente R$ 3,7 bilhões, considerando o valor médio da saca de soja a R$ 84, praticado ontem nas principais praças produtoras de MS.

Enquanto nesta safra, o equivalente a 2,65 milhões de toneladas de soja já estão comercializadas, no ciclo anterior, o índice de vendas da oleaginosa produzida no Estado alcançou 88%. Isso representa 8,19 milhões de toneladas de uma safra que somou 9,4 milhões de toneladas, conforme os números da Granos.

 

Plantio

Até 28/09, a área plantada de soja acompanhada pelo Projeto Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga MS) já havia alcançado 4,5% no Estado, de acordo com dados divulgados pela Associação de Produtores de Soja de MS (Aprosoja/MS) e pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Famasul). Entre as regiões acompanhadas, a sul está com o plantio mais avançado, em média, a 6,4%, enquanto a região centro está com 1,2% e a região norte, com 0,6% de média. A área plantada soma 127.541 hectares.

Ainda conforme o boletim de acompanhamento da soja, a porcentagem de área plantada na safra 2018/2019 está 3,7% superior à safra anterior para a mesma data. A evolução, considerando os últimos dez dias, foi de aproximadamente 2,6% para o Estado, ou seja, 72.636 hectares foram plantados neste período.

Na comparação com os dados da safra anterior (2016/2017), a Aprosoja estima aumento de 4,9% na área plantada, passando de 2,70 milhões para 2,84 milhões de hectares. A expectativa é de crescimento de 4,6% no volume de produção do grão — de 9,58 milhões de toneladas na safra 2017/2018 para 10,05 milhões de toneladas na safra 2018/2019. A produtividade para a próxima safra está estimada em 59 sacas por hectare.